Whiskas cria a MIA, assistente pessoal por meio de inteligência artificial

Enquanto a tecnologia avança para criar assistentes pessoais que trazem todas as respostas, Whiskas faz o contrário e apresenta MIA, a primeira assistente pessoal inspirada na curiosidade dos gatos.

Desenvolvida por meio de inteligência artificial, a gatinha MIA não traz respostas, e sim questionamentos que estimulam a curiosidade dos humanos, em especial a das crianças, seres naturalmente ávidos por explorar o mundo como os felinos.

Desta forma, MIA afirma o posicionamento global de Whiskas , “Alimente a curiosidade”, e sela o compromisso em fortalecer o vínculo entre animais de estimação e seus donos e cuidadores por meio desta característica única compartilhada pelos seres humanos e os gatos, a curiosidade.

“Whiskas é a marca líder de mercado e a que mais entende de gatos. Seu posicionamento “Alimente a Curiosidade” – procura inspirar as pessoas a cultivarem a curiosidade de seus gatos. O posicionamento da marca propõe que os tutores de gatos ofereçam a eles uma boa alimentação e qualidade de vida, respeitando e estimulando a curiosidade natural que possuem e que os tornam tão especiais, interessantes e livres. O objetivo da marca é fortalecer o vínculo entre gatos e humanos por meio desta característica única compartilhada dos gatos: a curiosidade”, destaca Roberto Valdrighi, Gerente de Marketing de Whiskas no Brasil.

MIA funciona por sensor de presença. Ao perceber que está próxima a humanos, a gatinha assistente dá início a um diálogo. Ela lança perguntas sobre assuntos variados e de interesse das crianças, oferecendo opções de respostas. MIA é impressa em 3D e existente nas cores de Whiskas, lilás e branco.

Até agora foram lançadas algumas unidades da assistente pessoal, todas elas enviadas a parceiros e amigos de Whiskas, em caráter de uso experimental. O projeto é criação da agência da AlmapBBDO.

Fonte: Cidade Marketing